English
- +

27/02/2019

Aplicação de ferramentas Lean healthcare para melhorar a capacidade de gestão no serviço de farmácia clínica de um hospital escola

Resenha elaborada pela bolsista Bruna Zanotto

A adequada gestão dos recursos humanos, quando se trata de assistência em saúde, é elemento chave para garantir as ações do profissional envolvido no processo de cuidado. Apresentado como trabalho de conclusão de curso de Farmácia-UFRGS, o estudo intitulado “Uma aplicação de ferramentas de lean healthcare para melhorar a capacidade de gestão em um serviço de farmácia clínica hospitalar de ensino”, veio como proposta de identificar oportunidades para o melhor uso do recurso farmacêutico clínico em hospitais e entender como tais recursos são efetivamente consumidos pelos pacientes.

Este estudo aplicou princípios e ferramentas Lean, filosofia de gestão de qualidade inicialmente inserida no setor automobilístico pela Toyota, com o objetivo de compreender como os recursos dos farmacêuticos clínicos são efetivamente consumidos pelos pacientes em um hospital universitário, utilizando ferramentas como o mapeamento do fluxo de valor, o tempo do profissional envolvido nessas atividades que agregam valor e matriz de responsabilidades. Juntas, essas ferramentas visuais contribuem para aumento do conhecimento do processo interno. Os dados foram obtidos principalmente por meio de entrevistas com os profissionais, estudos observacionais de tempo-movimento, cronoanálise e reunião com o chefe do setor.

Os serviços de farmácia clínica têm seu mapa de fluxo de valor projetado considerando a relação das atividades e o valor agregado à atividade. Ao explorar o mapa, é demonstrado que a atividade round clínico, da maneira como vendo sendo efetivada, é a que mais consome tempo (27%) e não é necessariamente considerada como valor agregado para ambas as partes. Além disso, há muito tempo dedicado a atividades que não são identificadas como atividades valorizadas pelos farmacêuticos, e também atividades de alto valor ao paciente que estão sendo realizadas e monitoradas por estagiários.

Lean Healthcare pode se tornar uma força verdadeiramente positiva, uma vez que estimula a reflexão sobre as atividades realizadas pelo profissional farmacêutico em um hospital que trabalha em um atendimento centrado no paciente. Está inserida também no contexto de gestão baseada em valor, visto que hoje este conceito não está mais atrelado ao trabalho feito para o paciente mas sim como os recursos são utilizados em seu benefício.

 

Edição: Luiz Sérgio Dibe

 


Compartilhe: