English
- +

03/08/2017

Técnicos da Conitec participam de formação no CPC/HCPA

Terá início na próxima segunda-feira uma jornada de capacitação para técnicos da Conitec e pesquisadores envolvidos na avaliação de tecnologias para incorporação no Sistema Único de Saúde (SUS). O workshop "Metanálise de Rede de Evidências" tem como objetivo qualificar este grupo de profissionais para que reproduzam análises deste modelo de estudo e entendam como aplicá-las nas decisões sobre tecnologias a serem disponibilizadas para a população no SUS.

Para a professora Patrícia Ziegelmann, coordenadora da atividade, o entendimento sobre a utilização das Metanálises de Rede de Evidências é fundamental quando uma decisão depende da análise de diversas tecnologias (medicamentos, equipamentos, procedimentos, etc.) a serem comparadas. "Não haverá um único estudo capaz de comparar muitas tecnologias, mesmo que existam ensaios clínicos para cada uma delas. Portanto, a Metanálise de Rede de Evidências é o método estatístico que posibilitará a síntese da evidência oriunda de vários ensaios clínicos, com objetivo de comparar mais de duas tecnologias conectadas através de uma rede de evidências", explica a professora e pesquisadora do IATS.

Segundo Patrícia, o workshop foi planejado sob uma lógica de "abordagem aplicada" a fim de preparar os participantes para que entendam a metodologia, desenvolvam uma leitura crítica sobre os estudos e, ao final da capacitação, sejam capazes de praticar avaliações com uso desta metodologia. "Acreditamos que a preparação dos profissionais com estes conhecimentos poderá contrubuir para o aperfeiçoamento do processo de decisão sobre incorporação de tecnologias.

As aulas ocorrerão até a próxima sexta-feira, no Centro de Pesquisa Clínica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O workshop é promovido pelo Ministério da Saúde e pelo Hospital Moinhos de Vento, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), em parceria com o Instituto de Avaliação de Tecnologias Saúde (IATS/UFRGS).

 

Edição: Luiz Sérgio Dibe