English
- +

03/02/2015

Workshop: Alta Produtividade e Qualidade em Publicações Científicas

O Workshop Alta Produtividade e Qualidade em Publicações Científicas, que ocorrerá no dia 28 de fevereiro, em Porto Alegre, abordará os princípios para atingir alta produtividade e qualidade em publicações científicas internacionais. O evento será realizado no Hotel Plaza São Rafael (Sala Imbúia), nos períodos da manhã e da tarde (duração prevista de 10 horas), com apresentações, exercícios práticos e discussões. A atividade é dirigida a professores, estudantes de pós-graduação e graduação, com custo de R$ 349. Pesquisadores do IATS poderão obter desconto na inscrição.

Entre as abordagens programadas estão: Diretrizes internacionais para escrita científica: escreva seus artigos de forma mais rápida e com mais qualidade, seguindo diretrizes estabelecidas por grupos de pesquisa internacionais. Métodos ágeis de revisão da literatura: conduza revisões da literatura que são ao mesmo tempo altamente focadas, mas que ao mesmo tempo capturam os principais artigos sobre o seu tópico em um formato que esteja pronto para ser trasnferido ao seu artigo. Métodos de análise: aprenda como identificar quais os possíveis métodos de análise para o seu projeto, assim como a interpretação dos seus resultados respectivos, permitindo uma interação mais produtiva com estatísticos e especialistas em "Data Science".

Além destes tópicos, segundo o pesquisador Ricardo Pietrobon, o treinamento também irá abranger "Projeção de carreira internacional: crie um plano para aumentar as suas chances de conseguir um estágio internacional em boas universidades americanas ou européias. Entenda como funciona a cultura acadêmica americana e como você pode aproveitar cada instante para aumentar a produtividade e qualidade acadêmicas enquanto estiver nesse ambiente".
 
APRESENTADORES
João Ricardo Vissoci, Dr.
O Dr. Vissoci têm experiência com metodologia de pesquisa, psicometria e ciência de dados. É colaborador em grupos de pesquisa em diferentes Universidades do Brasil e de outros países. Entre as principais colaborações estão a USP (Psiquiatria, Ortopedia e outros departamentos), UEM (Educação Física, Ciências da Saúde e Psicologia), UFMG, Instituto de Cardiologia de Porto Alegre, University of Leipzig, Duke University (Global Health).
 
Elias Carvalho, Ms. Ddo.
Graduado em Tecnologia em Processamento de Dados pela FASP - Faculdades Associadas de São Paulo, pós-graduado em Sistemas de Informação e Estatística Aplicada pela UEM - Universidade Estadual de Maringá, mestre em Ciências da Computação com ênfase em processamento de alto desempenho pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutorando pelo PPGIA - Programa de Pós-Graduação em Informática da PUC de Curitiba, na área de Descoberta de Conhecimento e Aprendizagem de Máquina. Área de pesquisa: Execução de algoritmos de mineração de dados sob o paradigma Map Reduce em grandes bancos de dados da área da saúde (Big Clinical Data) Profissionalmente atua como analista de sistemas da Universidade Estadual de Maringá, professor de sistemas operacionais para servidores (Linux e Windows Server) do Centro Universitário de Maringá e atua como pesquisador junto ao Global Health Institute da DUKE University na área de exploração de bancos de dados da saúde em benefício da saúde global. 
 
MATERIAIS E PRÉ-REQUISITOS
Os participantes deverão levar seu laptop e um pen drive para as práticas previstas na atividade. Os exercícios serão enfocados, prioritariamente nas áreas relacionadas com as Ciências da Saúde e Ciências Biológicas. Contudo, de acordo com os organizadores, os métodos demonstrados serão aplicáveis em qualquer área de conhecimento, a partir de aplicação de métodos quantitativos e qualitativos.
 
 
Edição: Luiz Sérgio Dibe